•  
  •  
 

Revista Latinoamericana Y Del Caribe De La Associacion De Sistemas De Informacion

RELCASI’s Governance Structure

Advisory Board:

The Advisory Board consists of the current members of RELCASI’s Executive Committee plus at most three external advisors who are researchers of international relevance in the Information Systems area. The Board should provide advice and general guidance on editorial policies and procedures to ensure the quality of the publications.

Nominations for the Advisory Board are issued by the President of the Latin American and Caribbean Association for Information Systems (LACAIS) after being approved at the annual association meeting, which takes place during the Americas Conference on Information Systems (AMCIS).

Executive Committee:

The Executive Committee’s main attribution is to select the Editor-in-Chief. The selection process begins with a call for applications from the IS community, twelve months before the end of the term of the present Editor-in-Chief. Candidates should submit a work plan in accordance with the overall guidelines defined by the Executive Committee.

The members of the Executive Committee include:

  • a former Editor-in-Chief of RELCASI;
  • a Chair, Co-Chair or Program Chair of a recent or upcoming edition of the Americas Conference on Information Systems (AMCIS) that took or will take place in Latin America or the Caribbean;
  • the current Vice-president for Publications of the Association for Information Systems (AIS);
  • the current President of the Latin American and Caribbean Association for Information Systems (LACAIS);
  • the current or a former Head of the Brazilian Information Systems Division (ADI) of Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração (ANPAD); and
  • the current or a former Head of other Latin American country’s Information Systems academic communities that formally request participation and that are acknowledged by LACAIS as relevant Information Systems agents in the region.

The primary responsibilities of the Executive Committee are:

  • selecting the Editor-in-Chief;
  • defining the maximum number of Senior Editors; and
  • guiding and outlining a future vision for the journal.

Editor-in-Chief:

The Editor-in-Chief has a three-year term, with the possibility of one reelection. S/he must be a researcher that is recognized in the Information Systems field for her/his accomplishments. The Editor-in-Chief represents and promotes the journal in various forums, but has no editorial decision-making power, except in the first step of the evaluation process, which consists of the selection of the Senior Editor for a submitted paper. The Senior Editor is responsible for managing the editorial process of RELCASI and issuing the final recommendation as far as the acceptance or rejection of a paper. The Editor-in-Chief must comply with Senior Editors’ final decisions.

The responsibilities of the Editor-in-Chief include:

  • managing the review process to ensure that all papers submitted to the journal are reviewed fairly and efficiently;
  • making desk rejection decisions;
  • coordinating the journal office to ensure the proper handling and prompt publication of all accepted papers;
  • nominating candidates to renew up to one-third of the board of Senior Editors each year;
  • nominating additional Senior Editors whenever deliberated by the Executive Committee;
  • representing the journal in the various forums, meetings, and deliberations involving development agencies; and
  • selecting the Senior Editor that will lead the evaluation process for each submission.

Senior Editor:

The Senior Editor must be a prominent researcher in the Information Systems area, as s/he is ultimately in charge of the editorial decisions as far as submissions are concerned. The board of Senior Editors is composed of at least two researchers: one for papers in Spanish, and one for papers in Portuguese. The Executive Committee defines the maximum number of members.

Senior Editors’ responsibilities include:

  • making desk rejection decisions;
  • assigning reviewers to submissions;
  • writing an editorial review based on the comments submitted by the reviewers of a paper;
  • deciding if a submission is approved for publication, rejected, or should be revised and resubmitted; and
  • ensuring that submitted papers that are under their direct supervision are reviewed fairly and efficiently.

Guest Editor:

The Guest Editor is a researcher with substantive experience in a subarea of the Information Systems field, who is invited by the Editor-in-Chief to act as the Senior Editor of a special issue of RELCASI. S/he must have extensive experience in reviewing papers for scholarly journals. The Guest Editor has the same responsibilities as the Senior Editor within the scope of the special issue for which s/he was invited.

Reviewer:

The reviewer is a researcher with significant knowledge on the subarea of the Information Systems field that is the focus of a given submission.

The responsibilities of the reviewer include:

  • preparing detailed evaluations and submitting them to the Senior Editor promptly;
  • making recommendations to the Senior Editor on the decision to be made regarding a submission; and
  • making suggestions to authors to help them improve their manuscript even in cases when a publication in the journal is not likely.

Estructura de Gobierno de RELCASI

Consejo Asesor:

El Consejo Asesor está formado por los miembros actuales del Comité Ejecutivo de RELCASI más, como máximo, tres asesores externos que son investigadores de relevancia internacional en el área de Sistemas de Información. El Consejo debe proporcionar asesoramiento y orientación general sobre políticas y procedimientos editoriales para garantizar la calidad de las publicaciones.

Las nominaciones para el Consejo Asesor son emitidas por el Presidente de la Asociación Latinoamericana y del Caribe de Sistemas de Información (LACAIS) después de ser aprobadas en la reunión anual de la asociación, en la Americas Conference on Information Systems (AMCIS).

Comité Ejecutivo:

La principal atribución del Comité Ejecutivo es seleccionar al Editor-en-Jefe. El proceso de selección comienza con una convocatoria de solicitudes de la comunidad de SI, doce meses antes del final del período del actual Editor-en-Jefe. Los candidatos deben presentar un plan de trabajo de acuerdo con las pautas generales definidas por el Comité Ejecutivo.

Los miembros del Comité Ejecutivo incluyen:

  • un ex Editor-en-Jefe de RELCASI;
  • un presidente, copresidente o presidente de programa de una edición reciente o próxima de la Americas Conference on Information Systems (AMCIS) que tuvo lugar o tendrá lugar en América Latina o el Caribe;
  • el actual Vicepresidente de Publicaciones de la Asociación de Sistemas de Información (AIS);
  • el actual presidente de la Asociación Latinoamericana y del Caribe de Sistemas de Información (LACAIS);
  • el actual o ex jefe de la División de Sistemas de Información de Brasil (ADI) de la Asociación Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração (ANPAD); y
  • el actual o ex jefe de las comunidades académicas de sistemas de información de otros países latinoamericanos que solicitan formalmente participación y que LACAIS reconoce como agentes relevantes de sistemas de información en la región.

Las principales responsabilidades del Comité Ejecutivo son:

  • seleccionar el Editor-en-Jefe;
  • definir el número máximo de Editores Senior; y
  • guiar y esbozar una visión de futuro para la revista.

Editor-en-Jefe:

El Editor-en-Jefe tiene un mandato de tres años, con la posibilidad de una reelección. Debe ser un investigador reconocido en el campo de Sistemas de información por sus logros. El Editor-en-Jefe representa y promueve la revista en varios foros, pero no tiene poder editorial para tomar decisiones, excepto en el primer paso del proceso de evaluación, que consiste en la selección del editor principal para un trabajo presentado. El editor principal es responsable de gestionar el proceso editorial de RELCASI y emitir la recomendación final en cuanto a la aceptación o rechazo de un documento. El Editor-en-Jefe debe actuar en concordancia con las decisiones finales de lo Editor Senior.

Las responsabilidades del Editor-en-Jefe incluyen:

  • gestionar el proceso de revisión para garantizar que todos los trabajos enviados a la revista se revisen de manera justa y eficiente;
  • tomar decisiones de rechazo de escritorio;
  • coordinar la oficina de la revista para garantizar el manejo adecuado y la publicación inmediata de todos los documentos aceptados;
  • nominar candidatos para renovar hasta un tercio de la junta de Editores Senior cada año;
  • nominar Editores Senior adicionales cuando sea deliberado por el Comité Ejecutivo;
  • representar a la revista en los diversos foros, reuniones y deliberaciones que involucran agencias de desarrollo; y
  • seleccionar el Editor Senior que liderará el proceso de evaluación para cada manuscrito presentado.

Editor Senior:

El Editor Senior debe ser un investigador destacado en el área de sistemas de información, ya que él / ella está a cargo de las decisiones editoriales en lo que respecta a las presentaciones. La junta de Editores Senior está compuesta por al menos dos investigadores: uno para trabajos en español y otro para trabajos en portugués. El Comité Ejecutivo define el número máximo de miembros.

Las responsabilidades de los editores principales incluyen:

  • tomar decisiones de rechazo de escritorio;
  • asignar revisores a las presentaciones;
  • escribir una revisión editorial basada en los comentarios presentados por los revisores de un documento;
  • decidir si una presentación se aprueba para publicación, se rechaza o si se debe revisar y volver a enviar; y
  • garantizar que los documentos presentados que están bajo su supervisión directa se revisen de manera justa y eficiente.

Editor Invitado:

El Editor Invitado es un investigador con experiencia sustancial en una subárea del campo de Sistemas de Información, quien es invitado por el Editor-en-Jefe para actuar como Editor Principal de un número especial de RELCASI. Él / Ella debe tener una amplia experiencia en la revisión de artículos para revistas académicas. El editor invitado tiene las mismas responsabilidades que el editor principal dentro del alcance del número especial para el que fue invitado.

Revisor:

El revisor es un investigador con un conocimiento significativo en una subárea del campo de Sistemas de información que es el foco de un manuscrito sometido.

Las responsabilidades del revisor incluyen:

  • preparar evaluaciones detalladas y enviarlas al editor principal prontamente;
  • hacer recomendaciones al editor principal sobre la decisión que se tomará con respecto a una sumisión; y
  • hacer sugerencias a los autores para ayudarlos a mejorar su manuscrito incluso en los casos en que no sea probable una publicación en la revista.

Estrutura de governança da RELCASI

Conselho Consultivo:

O Conselho Consultivo é composto pelos atuais membros do Comitê Executivo da RELCASI e, no máximo, três consultores externos, pesquisadores de relevância internacional na área de Sistemas de Informação. O Conselho deve fornecer aconselhamento e orientação geral sobre políticas e procedimentos editoriais para garantir a qualidade das publicações.

As indicações para o Conselho Consultivo são emitidas pelo Presidente da Associação Latino-Americana e do Caribe de Sistemas de Informação (LACAIS) após serem aprovadas na reunião anual da associação, na Americas Conference on Information Systems (AMCIS).

Comitê Executivo:

A principal atribuição do Comitê Executivo é selecionar o Editor-Chefe. O processo de seleção começa com uma chamada de interessados dentro da comunidade de SI, doze meses antes do final do mandato do atual Editor-Chefe. Os candidatos devem enviar um plano de trabalho de acordo com as diretrizes gerais definidas pelo Comitê Executivo.

Os membros do Comitê Executivo incluem:

  • um ex-Editor-Chefe da RELCASI;
  • um Presidente, Vice-Presidente ou Diretor científico de uma edição recente ou futura da Americas Conference on Information Systems (AMCIS) que ocorreu ou ocorrerá na América Latina ou Caribe;
  • atual Vice-Presidente de Publicações da Associação de Sistemas de Informação (AIS);
  • atual Presidente da Associação Latino-Americana e do Caribe de Sistemas de Informação (LACAIS);
  • atual ou ex-Coordenador da Divisão Brasileira de Sistemas de Informação (ADI) da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração (ANPAD); e
  • atual ou ex-chefe de comunidade acadêmica de Sistemas de Informação de outro país da América Latina ou Caribe que solicite formalmente a participação e que seja reconhecida pelo LACAIS como agente relevante de Sistemas de Informação na região.li>

As principais responsabilidades do Comitê Executivo são:

  • selecionar o Editor-Chefe;
  • definir o número máximo de Editores Sênior; e
  • orientar e esboçar uma visão de futuro para a revista.

Editor-Chefe:

O Editor-Chefe tem mandato de três anos, com a possibilidade de uma reeleição. Ele/ela deve ser pesquisador reconhecido no campo Sistemas de Informação por suas realizações. O Editor-Chefe representa e promove a revista em vários fóruns, mas não tem poder de decisão editorial, exceto na primeira etapa do processo de avaliação, que consiste na seleção do Editor Sênior para um trabalho enviado. O Editor Sênior é responsável por gerenciar o processo editorial da RELCASI e emitir a recomendação final quanto à aceitação ou rejeição de um artigo. O Editor-Chefe deve cumprir as decisões finais dos Editores Sênior.

As responsabilidades do Editor-Chefe incluem:

  • gerenciar o processo de revisão para garantir que todos os trabalhos submetidos à revista sejam revisados de maneira justa e eficiente;
  • tomar decisões de rejeição sumária (desk reject);
  • coordenar a Secretaria da revista para garantir o manuseio adequado e a pronta publicação de todos os artigos aceitos;
  • nomear candidatos para renovar até um terço do Conselho de Editores Sênior a cada ano;
  • nomear Editores Sênior adicionais sempre que deliberado pelo Comitê Executivo;
  • representar a revista nos vários fóruns, reuniões e deliberações envolvendo agências de desenvolvimento; e
  • selecionar o Editor Sênior que liderará o processo de avaliação para cada submissão.

Editor Sênior:

O Editor Sênior deve ser um pesquisador de destaque na área de Sistemas de Informação, pois ele/ela é o responsável pelas decisões editoriais no que diz respeito às submissões. O conselho de Editores Sênior é composto por pelo menos dois pesquisadores: um para trabalhos em espanhol e outro para trabalhos em português. O Comitê Executivo define o número máximo de membros.

As responsabilidades dos Editores Sênior incluem:

  • tomar decisões de rejeição sumária (desk reject);
  • designar avaliadores para as submissões;
  • escrever uma avaliação editorial com base nos comentários enviados pelos avaliadores de um artigo;
  • decidir se uma submissão será aprovada para publicação, rejeitada ou se deve ser revisada e reenviada; e
  • garantir que os trabalhos submetidos sob sua supervisão direta sejam avaliados de maneira justa e eficiente.

Editor Convidado:

O Editor Convidado é um pesquisador com experiência substantiva em uma subárea do campo Sistemas de Informação, convidado pelo Editor Chefe para atuar como Editor Sênior de uma edição especial da RELCASI. Ele/ela deve ter uma vasta experiência na revisão de artigos para revistas acadêmicas. O Editor Convidado tem as mesmas responsabilidades que o Editor Sênior no escopo da edição especial para a qual foi convidado.

Avaliador:

O avaliador é um pesquisador com conhecimento significativo na subárea do campo Sistemas de Informação que é o foco de uma determinada submissão.

As responsabilidades do avaliador incluem:

  • preparar avaliações detalhadas e enviá-las imediatamente ao Editor Sênior;
  • fazer recomendações ao Editor Sênior sobre a decisão a ser tomada em relação a uma submissão; e
  • fazer sugestões aos autores para ajudá-los a melhorar seus manuscritos, mesmo nos casos em que não é provável uma publicação na revista.